Skip links

5 maiores erros de recrutamento e seleção

A sua empresa tem um alto índice de turnover (rotatividade de pessoal)? Isso é muito mais comum do que a gente imagina.

Um estudo de Harvard aponta que 80% da rotatividade nas empresas está relacionada a más decisões de contratação e 45% das más contratações são atribuídas à falta de processo.

Hoje, trouxemos pra você os maiores erros de Recrutamento e Seleção, que podem estar impactando não somente a taxa de turnover da sua empresa como também causando outros problemas que você ainda não sabia!

Vamos aos maiores erros durante o processo de Recrutamento e Seleção (R&S):

Foto/Reprodução Freepik

1. Definir salários e benefícios não condizentes com o cargo

Colocar o salário de uma vaga de emprego abaixo do valor do mercado é um dos piores erros que você pode cometer no processo de R&S. Isso vai impactar na duração do processo, que provavelmente, deve demorar mais tempo do que deveria durar. Além disso, esse potencial funcionário que você estará contratando, deve logo sair da sua empresa, uma vez que ele pode encontrar uma vaga com um salário maior!

Em torno de 40% a 70% das pessoas economicamente ativas estão procurando outro emprego. É importante entender que grande parte dos candidatos selecionam as vagas de acordo com o valor do salário. Por conta disso, temos que respeitar os valores do mercado e sermos estratégicos durante essa importante etapa do processo seletivo.

Foto/Reprodução Freepik

2. Contratações feitas pelo dono da empresa

Um processo de contratação ruim é melhor do que nenhum processo, de fato.

De fato, não existe ninguém que conheça melhor a empresa, do que o seu próprio dono. Mas, quando o assunto é R&S ele geralmente não possui o conhecimento da área tanto quanto um especialista.

Existem critérios que devem ser mensurados como hard e soft skills, e que devem impactar diretamente na qualidade do processo de recrutamento.

É claro que o dono também pode integrar o processo, se ele achar necessário. No entanto, deve-se respeitar as etapas de seleção.

Foto/Reprodução Freepik

3. Contratar alguém só pra “fechar” a vaga, que não está alinhado à cultura da empresa

A cultura da empresa deve ser colocada sempre em PRIMEIRO lugar quando o assunto é Recrutamento e Seleção. A pessoa que você está selecionando pra uma vaga deve estar alinhada com o conjunto de valores, missão, atitudes e princípios da sua organização.

Contratar só pra “fechar” uma vaga implica em uma chance altíssima desse funcionário sair em um futuro próximo da sua empresa. Uma vez que, ignorar que os princípios da sua organização não batem com os princípios do seu novo colaborador pode custar muito para a sua empresa no futuro… O custo estimado é em torno de 30%

Foto/Reprodução Freepik

4. Não traçar as competências e habilidades necessárias

Como vou contratar um chef de cozinha? Devo aplicar um teste prático? Devo só realizar um teste teórico?

Esse é o trabalho de um recrutador profissional, analisar e entender a melhor forma de conduzir um processo de recrutamento de um novo colaborador.

Mais do que isso, é importante entender que além do cargo existem também as soft skills, que também integram o processo.

Como por exemplo, um bom vendedor deve ter conhecimento na área, mas muitas vezes é importante ter simpatia pra realizar boas vendas e construir um relacionamento de longo prazo com sua carteira de clientes.

Assim, outro erro bastante comum e que compromete muito o processo de R&S é não mapear todas as competências necessárias para o cargo.

Foto/Reprodução Freepik

5. Processos longos e com muitas etapas

Quem nunca realizou um processo de contratação que envolvia várias etapas e fosse super desafiador?

Hoje em dia, grande parte dos processos seletivos são bastante completos e envolvem diferentes tipos de dinâmicas para testar os novos candidatos.

Porém, algumas vagas não precisam disso tudo! Um processo longo não é sinônimo de qualidade do serviço, pelo contrário, ele pode ser um empecilho dependendo da vaga.

Esse longo processo pode desmotivar grande parte dos potenciais candidatos e assim você deve demorar mais tempo nesse processo do que deveria.

É importante ser objetivo, e não colocar uma etapa que não faça realmente sentido dentro da vaga. Cada vaga é única e, portanto, não existe certo ou errado. Mas sim estratégia do processo de R&S.

Gostou das dicas? Você quer fazer um processo mais objetivo? Entre em contato com o nosso time e conheça o nosso serviço de recrutamento e seleção!

Leave a comment

/* */